OS PROBLEMAS CONTINUAM OS MESMOS? O FUTURO DO TREINAMENTO EM SST

Sexta, 15 Maio 2015 14:23
Avalie este item
(2 votos)



Saber que é humano, ridículo, limitado. Que só usa 10% de sua cabeça animal (Raul Seixas)


De todas as medidas de segurança, treinamento e conscientização continuados são os mais difíceis de manter justamente porque dependem primariamente da habilidade dos trabalhadores entenderem e compreenderem práticas de segurança críticas.

Este post é uma tradução e contextualização de artigo publicado na Revista OHS on line sobre porque as coisas parecem estagnadas, mas aponta para o que poderá ser o futuro do treinamento em SST. Novas perspectivas indicam que poderemos atingir o próximo grande passo na direção certa. De fato, o aspecto treinamento vem sendo enfatizado nas últimas NRs, principalmente a capacitação e a qualificação.

 

O FUTURO DO TREINAMENTO EM SST

By Carol Leaman

Estatísticas indicaram que no setor privado o número de dias de afastamento do trabalho (que era de 8 dias) decresceu 3% em um ano embora esses dias de afastamento continuam os mesmos por 4 anos consecutivos. Ou seja, a redução foi muito pouca. Qual é o problema?

 

Se considerarmos em que consiste um típico programa moderno de segurança, ele geralmente envolve 4 elementos-chave:




TÓPICOS PARA UM PROGRAMA DE TREINAMENTO EM SST



Embora os programas de segurança contribuam para ambientes seguros, muitas organizações ainda continuam vivendo com as mesmas doenças e acidentes: lesões de costas, olhos, mãos, pés, escorregamentos e quedas nos ambientes de trabalho. Mesmo com todos os esforços, as estatísticas continuam mostrando os mesmos problemas. Porque isso?



Carol Leaman: especialista em treinamento à distancia combinando games com ciência do cérebro. Professora em Curso de Mestrado na Universidade de Waterloo. Rebeu convites de trabalho no Google.



 

                

 

 

 

 

Lido 24350 vezes Última modificação em Quarta, 08 Fevereiro 2017 18:31

8 comentários

  • Link do comentário Eng. Mariano Fabri Sábado, 23 Maio 2015 20:25 postado por Eng. Mariano Fabri

    Boa noite, parabéns pelo site, ótimos trabalhos.

  • Link do comentário Cláudio Branco Quinta, 21 Maio 2015 01:43 postado por Cláudio Branco

    Boa noite, gostaria de saber se vcs tem a versão do executável sem ser o arquivo zipado pq não consigo instalar winrar aqui na minha maq

  • Link do comentário Gabriel Matusalém Terça, 19 Maio 2015 23:49 postado por Gabriel Matusalém

    muito interessante este artigo principalmente para o dia a dia dos tsts... não basta apenas saber o que ensinar é preciso também conhecer os métodos para que os trabalhadores possam absorver melhor as práticas de segurança !!!

  • Link do comentário Gustavo Marcinkiewicz Terça, 19 Maio 2015 22:02 postado por Gustavo Marcinkiewicz

    Muito boa esta matéria parabéns ao autor.

  • Link do comentário dan 2 Terça, 19 Maio 2015 19:36 postado por dan 2

    muito bom

  • Link do comentário Lelo Alves Terça, 19 Maio 2015 14:38 postado por Lelo Alves

    Concordo com o amigo Celso! temos exemplos disso todos os dias. Essa semana mesmo aquele apartamento que explodiu no Rio de Janeiro devido a um vazamento de gás na tubulação em meio a uma obra que foi mal planejada e vistoriada. Não adianta ter técnico em cima, treinamento, dds, nada vai diminuir os acidentes se o trabalhador não reconhecer o valor de uma cultura de segurança e assumir uma postura responsável sobre isso. Por enquanto a realidade é o contrário.

  • Link do comentário Celso Rodriguez Terça, 19 Maio 2015 12:52 postado por Celso Rodriguez

    Esquecem pq são negligentes e pq se deixam esquecer. A cultura de segurança do trabalho no Brasil ainda é vista como algo que não é essencial. Não existe o respeito que se deveria ter nem o reconhecimento do quanto é fundamental se adequar as práticas de segurança. O problema maior ao meu ver é que neste pais vc pode fazer o melhor treinamento e dds do mundo que se o trabalhador for negligente como a maioria é nunca vai resolver o problema e esta estatística vai continuar do jeito que tá. Parabéns pelo artigo.

  • Link do comentário Sérgio Peçanha Terça, 19 Maio 2015 09:58 postado por Sérgio Peçanha

    bom dia, bom trabalho!!

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Categorias: